O tema alimentação nunca foi tão polêmico quanto agora. Isso porque nunca antes tantas pessoas abriam mão de comer carne ou produtos de origem animal. O veganismo é uma ideologia de vida, que visa extinguir, na medida do possível e do praticável, toda e qualquer forma de exploração animal. E isso começa na alimentação, passa pelo vestuário e qualquer outro tipo de consumo que tenha em alguma escala a exploração animal. As pessoas ainda tendem a confundir os vegetarianos com os veganos, o que são coisas diferentes. Embora compartilhe alguns pontos, que é o não consumo de carne vermelha.

Hoje, você, um comedor feroz de carne vermelha, mas que tem uma certa preocupação com os animais, e já cogitou a possibilidade de um dia se tornar vegano. O que falta para você? Acredita que se recebesse para deixar de comer carne, seria um incentivo a mais? Porque se a resposta for sim, temos boas notícias. Uma empresa de produtos veganos está oferecendo US$ 2.500 para pessoas deixarem de comer carne por três meses e participar de um estudo. Quem sabe depois, você até goste da ideia e mude o estilo de vida e alimentação.

O veganismo

Publicidade
continue a leitura

Várias pessoas em todo o mundo estão desistindo de comer carne e laticínios por diversos motivos. Pode ser uma tentativa de salvar o planeta, ou uma questão de saúde. Ou simplesmente porque não gostam da ideia de consumir animais e produtos de origem animal. Para se ter uma ideia, atualmente, nos Estados Unidos, cerca de 3,5% dos americanos são veganos. Não se engane, isso não é pouco, considerado que há quatro anos atrás esse número era de apenas 0,4%. Uma prova da popularidade desse novo estilo de vida vegano.

Pode ser que você ainda não tenha aderido a esse estilo de vida, mas você, com certeza, conhece alguém que fez. Ou pelo menos, já cogitou essa possibilidade. Mas muitas pessoas não conseguem sequer imaginar como seria viver sem hambúrgueres, frango, queijo e tantas outras comidas. Mas se além dos animais que sofrem para que você tenha um pedaço de bife suculento na mesa, você consideraria mudar de ideia por uma quantia razoável de dinheiro?

Porque a empresa multivitamínica, We Are Feel está oferecendo às pessoas a quantia de US$ 2.500 para serem veganas, por um período de três meses. A ideia é que essas pessoas participem de uma pesquisa da marca, a fim de entender melhor as consequências de uma dieta vegana.

Publicidade
continue a leitura

O estudo

O estudo tem o intuito de descobrir quais vitaminas e nutrientes faltam, quando uma pessoa adere a uma dieta restritiva de carne e produtos de origem animal. A partir disso, a ideia é oferecer esses nutrientes com os produtos da marca. Por isso, o estudo exigirá um pouco mais daqueles que irão participar, além de cortar carne e laticínios.

Os participantes terão que colher e enviar amostras de sangue para os pesquisadores toda semana. Nada muito drástico envolvendo seringas ou algo assim. Será apenas uma gota ou duas de sangue fruto de uma picada no dedo. Procedimento bem parecido ao que pessoas diabéticas fazem para testar o sangue. Inclusive, pessoas com diabetes, obesidade e hipertireoidismo não estão aptos a participar da pesquisa.

Publicidade
continue a leitura

O primeiro mês será o mais fácil, e não exigira dos participantes uma dieta vegana rigorosa. O processo será gradativo, começando com a retirada da carne. A empresa irá monitorar as amostras enviadas, mantendo-se atenta às vitaminas que estão faltando no organismo das pessoas, devido ao corte drástico de carnes e laticínios. A partir do segundo mês, os participantes começaram a ingerir a mistura de vitaminas da marca.

A oportunidade é apenas para pessoas que nunca foram veganas e que consomem carne regularmente há pelo menos seis meses. Enfim, o que você achou da ideia? Toparia participar de algo assim? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com os seus amigos.

Publicado em: 12/11/19 13h00