O nosso corpo está constantemente exposto a vários tipos de males e isso não é uma novidade para ninguém. Podemos dormir nos sentindo super bem e acordar totalmente resfriados no dia seguinte. Em um exame geral, podemos descobrir doenças que jamais imaginaríamos ter. Na verdade, podemos dizer que somos uma imensa caixinha de surpresas. Os médicos se surpreendem todos os dias e precisam realizar cirurgias de emergência para lidar com situações inesperadas. Você deve conhecer alguma pessoa, que precisou ir às pressas realizar uma cirurgia de apêndice, né? Mais coisas bizarras podem acontecer dentro de um hospital.

Os médicos de um hospital na Irlanda realizaram uma cirurgia de emergência bastante estranha. Uma jovem, de 16 anos, deu entrada na instituição com fortes dores abdominais. Como os médicos perceberam após realizarem alguns exames, a menina sofria de uma síndrome rara: a síndrome de Rapunzel. Isso consiste em arrancar e comer o próprio cabelo. Após o procedimento cirúrgico, descobriram que ela estava com uma massa de 15 centímetros de fios em seu sistema digestivo. Sua situação era um tanto complicada, pois havia muito cabelo causando transtornos. Confira conosco mais detalhes sobre o caso da garota e surpreenda-se.

Garota passa por cirurgia de emergência por retirar grande massa de cabelo no intestino

Publicidade
continue a leitura

Como disseram em um artigo sobre o caso, no British Medical Journal, a adolescente contou aos médicos que costumava comer o próprio cabelo desde pequena. Isso aconteceu após ele começar a sofrer bullying. De acordo com os especialistas, essa condição, que tem o nome oficial tricolomania, é uma desordem comportamental. Ela faz com que as pessoas arranquem os próprios cabelos e demais pelos do corpo. Em cerca de 30% dos casos, o paciente ainda desenvolve tricofagia. Esse é o nome dado ao ato de comer esses fios.

Popularmente, a doença é chamada de "Síndrome de Rapunzel", por causa do conto de fadas. Nessa história, uma princesa chamada Rapunzel usa longas madeixas como cordas. Ela faz isso para que o príncipe encantado chegue à torre alta onde ela está presa. Na vida real, a condição ganhou esse nome porque o tricobezoar, que é a bola formada pelos pelos, forma uma espécie de cauda quando chega no intestino. "A Rapunzel dos contos de fadas é oculta e ilusória, tal como os tricobezoares". Essas foram afirmações dos especialistas.

Publicidade
continue a leitura

"Os pacientes tendem a apresentar queixas abdominais inespecíficas, e é apenas nos estágios finais do crescimento, que começa a obstruir o estômago e o intestino. Isso resulta em sintomas mais graves". Segundo especialistas no caso, o estresse é uma das possíveis causas dessa síndrome. Outro fator é a genética, que também pode causar o mal.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Vale lembrar que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento. Aproveite para fazer um tour por nosso site.

Publicado em: 05/02/20 15h46